Domótica e casas inteligentes

Vivemos em tempos de inovação, onde é possível encontrar inúmeras soluções que nos ajudam a gerir os recursos habitacionais.

A Domótica é isso mesmo, possibilidade de gerir os recursos habitacionais com o uso da tecnologia (telefone ou, computador com acesso a Inernet).

O termo ”Domótica” resulta da união da palavra “Domus” (do latim que significa casa) com “Robótica” (“sistemas mecânicos motorizados, controlados manualmente ou automaticamente por circuitos eléctricos”).

O seu objectivo principal da Domótica é simplificar a vida das pessoas no que diz respeita à redução ou mesmo eliminação das tarefas rotineiras através do uso de dispositivos electrónicos que realizam tarefas específicas como por exemplo:

  • Controlo da temperatura ambiente;
  • Abrir, fechar ou regular os estores;
  • Controlo de iluminação e som;
  • Gerir os electrodomésticos;
  • Controlo do alarme e das fechaduras das portas;

O mais comum é a utilização de controlo remoto para controlar algumas funcionalidades da habitação, mas nas casas mais desenvolvidas tecnologicamente, é necessário o recurso de um computador que está ligado a uma central através da Internet.

A dimensão de um sistema domótico varia em função das necessidades dos utilizadores e pode ser ajustável de modo a ficar mais ou menos complexo. Seguidamente passaremos a enumerar algumas funcionalidades:

Automação

Funcionalidade que consiste na programação das tarefas diárias e rotineiras que permite poupar tempo.

Iluminação

Com uso de equipamentos apropriados, é possível poupar electricidade com o uso de aparelhos que regulam a intensidade e apagam as luzes de forma automática. Também é possível criar ambientes que simulam a presença de pessoas em casa, para tal basta programar de modo que as luzes acendam em determinadas divisões em horas específicas.

Climatização

A temperatura ambiente é outro recurso que também pode ser gerido com o uso da domótica. Os equipamentos de controlo de temperatura podem ser programados de modo a funcionarem em determinadas horas específicas permitindo manter o conforto do lar. Por exemplo, o aquecimento central pode ser ligado uma hora antes das pessoas chegarem a casa, isto permite que haja uma poupança de energia e consequentemente um aumento do conforto.

Segurança

A domótica permite-nos gerir diversos dispositivos de segurança, com o auxílio de sensores é possível detectar atempadamente possíveis fugas de gás, incêndios em fase inicial ou até mesmo inundações.
Também permite detectar intrusos e com o auxílio de equipamentos de áudio e vídeo, pode manter os seus bens vigiados ou até mesmo tomar conta das crianças enquanto realiza outras tarefas.

Comunicação

A comunicação é uma das funcionalidades mais importantes da domótica. Os utilizadores podem comunicar e interagir com o sistema gerindo todos os recursos disponíveis em qualquer parte do mudo desde que tenha acesso a um telefone ou Internet.